Buscar
  • Escritório Popular

Rede Estratégia ODS lança edital para apoiar projetos de organizações sociais


O Projeto de Fortalecimento da Rede Estratégia ODS, coordenado pela Fundação Abrinq e financiado pela União Europeia, trabalha para ampliar e consolidar a articulação de diversos públicos para a implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e da Agenda 2030 no Brasil, com foco na redução das desigualdades de gênero, geracional e étnico-racial.

Na última semana, o projeto lançou seu primeiro edital, com o objetivo de selecionar e apoiar, por meio do aporte de recursos financeiros, no valor de até R$ 441.090,00, a promoção de até três projetos de organizações sociais para que implementem e/ou incorporem os ODS em suas atuações com foco na redução das desigualdades – listadas acima – promoção dos direitos humanos, no desenvolvimento econômico local sustentável e atendimento ao público em situação de vulnerabilidade socioeconômica.

"O edital tem o propósito de ampliar e qualificar o debate a respeito dos ODS nas organizações sociais do Brasil. Em tempos de pandemia, nossa intenção é capacitar, subsidiar e priorizar o apoio às organizações que, apesar do cenário de crise econômica, trabalham para atender famílias em situação de vulnerabilidade social afetadas pela Covid-19. Acreditamos que mobilizar, discutir e propor meios de implementação efetivos dos ODS, contribuirá para a conquista de avanços ao cumprimento da Agenda 2030", ressalta Victor Graça, gerente executivo da Fundação Abrinq.

Para participar, a organização precisa cumprir os seguintes requisitos:

  • Ser constituída no Brasil, de acordo com a legislação brasileira, e possuir sede no

  • território nacional com histórico de atuação de pelo menos dois anos;

  • Estar adimplente com suas obrigações legais, financeiras e fiscais;

  • Cumprir as leis trabalhistas vigentes, respeitando a Consolidação das Leis do

  • Trabalho (CLT);

  • Ser associada à EODS (clique aqui para realizar a adesão caso ainda não

  • faça parte);

  • Ter Estatuto e/ou regimento interno correspondente;

  • Ter inscrição no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ);

  • Possuir conta bancária vinculada ao CNPJ;

  • Missão e os valores institucionais compatíveis com os da Estratégia ODS (clique aqui para entender melhor);

  • Ser responsável direta pelo projeto inscrito.

Não poderão participar organizações:

  • Governamentais, partidos políticos, instituições com fins religiosos, sindicatos, universidades e autarquias, fundações e institutos sociais de empresas com fins lucrativos, centros clínicos e terapêuticos, escolas particulares e públicas, instituições do sistema “S” (SENAI, SESI, SESC, SESI, SEBRAE, etc.);

  • Que possuam quadro de recursos humanos formado apenas por autônomos e/ou voluntários.

Os projetos inscritos devem ter como linha de atuação a redução das desigualdades de gênero, de acordo com as categorias descritas a seguir:

  • Categoria 1: Grupos em situação de vulnerabilidade socioeconômica (serão selecionados até dois projetos);

  • Categoria 2: Desenvolvimento econômico local sustentável (será selecionado um projeto).

Os projetos poderão ser enviados até às 23h59 do dia 02 de outubro de 2020 e deverão ter duração máxima de 8 meses, sendo executados entre 03/11/2020 e 02/07/2021. Fique atento aos prazos e participe. 

Clique aqui para acessar o modelo de apresentação do projeto e tenha acesso ao edital na íntegra.

Confira todas as informações e não perca a oportunidade de inscrever o seu projeto!


-----


Para garantir a elaboração do seu projeto a preço popular clique aqui

23 visualizações
 

Escritório Popular de Projetos Culturais e Sociais

Formulário de Inscrição

 Estrada da Barra da Tijuca 3907 -  Itanhangá - Rio de Janeiro e Av. Severino Bezerra Cabral 443 - Queimadas - Paraíba

(21) 98653-4190

Melissa Araújo - CNPJ - 31.860.309/0001-85